Menu

4 de maio - Acidente aéreo mata todos jogadores do Torino da Itália

03 MAI 2017
03 de Maio de 2017
No final dos anos 40, o Torino  dominava o futebol de seu país, maravilhando multidões e conquistando títulos. Formavam a base da seleção italiana e, numa expressão do prestígio internacional, vieram a Lisboa jogar na festa de homenagem ao Bemfica, em 3 de maio de 1949. Perderam o jogo por 4 a 3.

Na volta para Itália, o avião Fiat G-212 da Aeritalia se chocou, às 17:03, com a parte inferior da basílica de Superga, a poucos quilômetros de Turim. Morreram os 31 ocupantes, incluindo 18 jogadores, os técnicos Erbestein e Lievesley, os dirigentes Agnisetta e Civalleri, o enfermeiro Cortina e os jornalistas Casalbore, Cavallero e Tossati. 

No mesmo dia da catástrofe, em honra ao brilhante Torino da época, a seus jogadores, técnicos e acompanhantes, declarou-se vencedor da Liga. Nos funerais dos jogadores compareceram cerca de 500.000 pessoas, mas depois do luto nacional, e ante a comoção universal, a equipe juvenil substituiu por completo à equipe profissional para jogar as quatro partidas pendentes e as quatro partidas ganhou a equipe juvenil.

Na Temporada 1975-1976 volta a se sagrar campeão italiano, após 27 anos de espera, tendo neste período conquistado duas copas da Itália.
Voltar